11 de Outubro de 2009

A vida é tão banal e rotineira que são raros os momentos de pura beleza... Ontem tive um. Um momento só meu, do qual ninguém se apercebeu nem nunca sequer desconfiará... Uns minutos de rara beleza, que eu apreciei e foram só meus... Algo simples mas que me fez questionar a grandeza do Universo... Olhei de repente, pela janela de um carro, já com a noite cerrada, para o céu estrelado que me acompanha há quase 28 anos e descobri uma beleza infinita, uma luz fantástica que quase me cegou, um brilho aterrorizadoramente brilhante e impossível de não emocionar...

Não, não estou doida! Foi um momento só meu que ninguém soube apreciar da mesma forma e que só poucas pessoas darão por ele ao longo da vida... Não foi um simples apreciar de uma noite estrelada...

 

Ninguém sabe... É um segredo só nosso, não contem a ninguém...

publicado por butterflywing às 14:32
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog